13 de agosto de 2013

Gosto de mim


Eu sinto-me bonita mas sei que quando estou com pessoas não consigo "transmitir" essa minha beleza.

17 comentários:

Kika Lover disse...

Gostaria de me sentir assim...

Kika Lover disse...

Tens de experimentar :D
Eu nao sou mesmo confiante, nem com os outros nem comigo mesma

Amy ☮ disse...

como assim? :s

catarina barbosa disse...

então porquê querida? tenho a certeza que és linda tal e qual como és *

Amy ☮ disse...

r: boaaaa! :D
oh, ele teve alto sucesso, isso não acontece com toda a gente :/
isso também acontece comigo, gémy :(

Marie Valentine disse...

Está aqui: Então, tudo isto começou em setembro do ano passado. Eu fui ver as turmas, e estava entre dois rapazes que eu não conhecia muito bem. Porque a minha turma resultou da junção de duas. Vi aquele nome e não me era estranho, eu conhecia-o de vista. Na primeira aula, eu super tímida como sempre, não disse nada. Ele é que começou a falar para mim, e depois começámos a ser amigos. E a partir daí essa amizade começou a crescer. Até que houve uma altura em que me andavam sempre a dizer para eu abrir os olhos e olhar à minha volta, porque alguém gostava imenso de mim, e eu não dava conta disso. cada vez mais falavam sobre esse assunto. Aliás, até cheguei a perguntar várias vezes ao L. se ele sabia quem era. À noite, cheguei a casa e estive a falar com ele no facebook. Fizémos web e ainda hoje me lembro como se tivesse sido ontem. Ele a corar, e eu com o coração a mil, sem saber o que dizer. Quando ele se declarou, só me apeteceu gritar, só me apeteceu correr de encontro a ele e abraçá-lo. Mas tive que esperar até o outro dia de manhã. Estávamos os dois muito ansiosos e receosos. Passámos o dia juntos, e tudo foi maravilhoso. Mas passados 3 a 4 dias, eu comecei a perceber que algo não estava a correr bem. Ele pediu-me que o levasse à portaria, eu fui com ele e ele estava estranho. Disse que aquilo que ele ia dizer que era sério demais. Eu estremeci e disse: já sei, não digas mais nada. Ele chorou. Sim, eu nunca tinha visto um rapaz chorar assim por uma rapariga. Abraçámo-nos, e dei-lhe um beijo na cara. Ele foi-se embora e eu fui para a casa de banho, calma e distante. Chorei aquela hora de almoço inteira. No fundo, tinha tanto carinho por ele, que me custava a acreditar. Depois fomos para a aula, eu ao lado dele. Mas não me consegui conter, eu a chorar e ele ao meu lado com o sentimento de culpa. Mas depois tudo passou, voltámos a ser amigos e hoje somos inseparáveis, aliás, o ensaio de danças é na terra dele, por isso costumo vê-lo por vezes. Fui a um passeio de bicicletas com ele, e foi lindo, nós os dois a conversarmos pelo caminho, ao cair do dia. Acho que isto dava um filme, ou um livro. Mas só sei que poss não ter um amor, mas tenho uma grande amizade, daquelas que não se derrubam por algo simples. Desculpa o testamento, mas eu tinha que contar desta maneira. Vieram-me as lágrimas aos olhos (felicidade)

Marie Valentine disse...

Eu percebo, também me sinto assim.

Laura disse...

Tens de ter mais confiança então :)

łnn Gray disse...

R: Quanto a isso... Às vezes não levava :p

Se calhar até transmites e nem dás conta ;)

Kika Lover disse...

Conta um bocadinho ahaha
E porque es assim com os teus amigos? Eles fazem-te sentir menor é?

A Marafada de Algodão Doce disse...

Acho que o que sentes é o mais importante!
Tu vales por ti, e não pelo que os outros pensam!
:)

Jade Mae disse...

Se calhar consegues, mas não te apercebes. Pelo menos para algumas pessoas tenho a certeza que consegues querida!

A disse...

Transmites mesmo sem te aperceberes, de certeza :)

Liz zie disse...

Tens de fazer por isso (:

Aricia disse...

Às vezes é difícil.

Margarida disse...

Tens que ser mais confiante ao lado dos outros :)

Rapariga Simples disse...

Confiança, precisas de confiança :)

Resp: Aahahah, um orgasmo. Ok, eu desfiz-me a rir ahahah :p
Pode ser que voltes a encontrar o rapazinho :)